Capcom 'resolve' processo por imagens usadas em Resident Evil 4

Muitos casos de violação de direitos autorais no mundo dos jogos são assuntos tediosos e frustrantes. O que é menos comum é uma disputa de direitos autorais em que seu queixo cai com a semelhança entre dezenas de texturas em um visual de jogo e as fotografias em um livro de arte.


Essa foi a base para o processo da designer Judy A. Juracek contra a Capcom, que alegou em junho passado que a editora usou, sem permissão, pelo menos 80 fotografias de um CD-ROM que acompanha seu livro de fotografia de 1996. A maioria das texturas foram reivindicadas em Devil May Cry e Resident Evil 4. Agora, o escritório de advocacia que representa Juracek, St Onge Steward Johnston & Reens LLC, confirmou que a disputa foi "resolvida amigavelmente".



Não temos os detalhes de qual resolução foi alcançada, então definitivamente não podemos saber como a Capcom se saiu, mas algumas das exposições dos documentos judiciais são, digamos, estranhamente convincentes.


O caso está encerrado e os danos não foram divulgados. O que sabemos é que os advogados de Juracek estavam pedindo US$ 2.500 a US$ 25.000 para cada foto usada pela Capcom, totalizando até US$ 12 milhões em danos.


Esta não é a única vez que a Capcom foi acusada de usar designs existentes sem permissão. O diretor do Exército de Frankenstein, Richard Raaphorst, disse em maio passado que o chefe Sturm (aquele com uma hélice como rosto) de Resident Evil Village foi retirado do seu filme de 2013, que apresentava um monstro quase idêntico.


Nesse ritmo, eu não ficaria surpreso ao descobrir que Chris Redfield foi realmente arrancado de um calendário 'Sexy Firemen' de meados dos anos 90, e que William Birkin mutante era na verdade um design de Teletubby descartado.


Fonte: PC Gamer


Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

0 comentário
  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean