top of page

X-Men: O Confronto Final | Revelado o real motivo da saída de Matthew Vaughn da direção da sequencia

Atualizado: 16 de out. de 2023


Antes de Matthew Vaughn ser aclamado pela crítica por reiniciar a franquia de filmes “X-Men” com “X-Men: Primeira Classe”, de 2011, ele foi cortejado para substituir Bryan Singer como diretor de “X-Men: O Confronto Final”, de 2006. Esse pilar de sustentação serviu como o terceiro filme da história liderada por Wolverine, de Hugh Jackman, mas Vaughn revelou recentemente na Comic-Con de Nova York (via ScreenRant) que rejeitou a oferta para dirigir a sequência depois de descobrir o plano de um executivo do estúdio para enganar Halle Berry para em reprisar seu papel como Tempestade.


“Uma das principais razões pelas quais deixei ‘X-Men 3’, e esta é uma história verdadeira”, disse Vaughn. “Fui ao escritório de um executivo e vi um roteiro de ‘X3’. Era muito maior. Eu perguntei: 'O que é esse rascunho?' Eles disseram, ‘Não se preocupe com isso’. Então eu peguei, abri a primeira página e dizia: 'África. Crianças morrendo por falta de água, e Tempestade cria uma chuva para salvar todas essas crianças.'”


“Achei uma ideia muito legal”, continuou Vaughn. “Eu disse: 'O que é isso?' Eles disseram: 'Este é o roteiro de Halle Berry, porque ela ainda não assinou. Isto é o que ela quer que seja. E assim que ela assinar, vamos jogar no lixo. Eu pensei, se você fosse fazer isso com uma atriz vencedora do Oscar que interpreta Tempestade, eu estou fora.”


Desistir foi exatamente o que Vaughn fez, com o estúdio substituindo Singer pelo cineasta de “A Hora do Rush”, Brett Ratner. Singer deixou a franquia depois de “X-Men” de 2000 e “X-Men 2” de 2003 para dirigir “Superman: O Retorno”.

Berry acabou retornando como Tempestade em “X-Men: O Confronto Final”, mas o filme não incluiu nenhuma cena ambientada na África, conforme o roteiro que Vaughn leu incluía. “O Confronto Final”, no entanto, deu a Tempestade um papel mais proeminente quando a personagem assumiu como chefe da escola de mutantes de Charles Xavier após sua morte.


Vaughn acabou tendo a chance de dirigir um filme de “X-Men” anos depois com “X-Men: Primeira Classe”, de 2011, estrelado por James McAvoy como Charles Xavier, Michael Fassbender como Magneto e Jennifer Lawrence como Mística. O filme foi adorado por críticos e fãs, que concordaram que Vaughn reviveu a franquia com sucesso após o sem brilho “O Confronto Final”.


Fonte: Variety

Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube! Twitter: @realcanalbang Instagram: @canalbangoriginal Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal TikTok: https://www.tiktok.com/@canalbang

0 comentário

Comments


bottom of page