Pokémon: Detetive Pikachu | Crítica

Sem spoilers.

Pokémon é uma das maiores franquias do mundo. O que começou discretamente em 1996 com Pokémon Red e Pokemon Blue no Game Boy, é hoje um império de cerca de 90 bilhões de dólares. Apesar da franquia ter ido para as telonas através dos longa-metragens em anime desde 1998, é curioso que um clássico tão popular tenha demorado tanto tempo para ganhar uma versão em live-action ocidental.

A história do filme não é muito cerebral. Um jovem une forças com um Pikachu falante para desvendar o mistério por trás da morte do seu pai. A dupla inesperada logo descobre uma trama sombria que representa uma ameaça para o mundo Pokémon. O enredo é uma adaptação do game de mesmo nome e começa a empolgar quando o personagem de Justice Smith encontra o Pikachu dublado por Ryan Reynolds. A química entre os dois é de grande importância para o ritmo da trama, trazendo consigo os melhores e mais leves momentos do filme. Reynolds está adorável no papel de Pikachu e arranca risadas com os seus momentos cômicos ao longo do roteiro.

Os protagonistas são o ponto forte. É feita a escolha inteligente de fazer de Tim uma representação de todos que queriam ser treinadores Pokémon na infância, mas agora chegaram na idade adulta e seguem suas vidas frustradas quando, de repente, surge a oportunidade de ir até a cidade dos Pokémon como um estímulo nostálgico. Smith interpreta o papel de forma natural e carismática. E como foi supracitado, Reynolds faz uma versão família de seu papel cômico de Deadpool sob os pelos de um dos mascotes mais populares do mundo. Toda esta mistura acaba funcionando, e não apenas pela estranheza do conceito, mas por ser uma ideia melhor do que o Pikachu com o vozeirão do jogo.

Pokémon: Detetive Pikachu pode parecer, de início, apenas um filme simples e bem amarrado, mas com o tempo, é possível que ele consiga se tornar a porta de entrada para toda uma gama de filmes de Pokémon e até mesmo outros filmes que seriam adaptações dos clássicos jogos lançados inicialmente para o Game Boy. Só resta esperar.


Por Moezio Vasconcellos


Siga as nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube! Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean
bannerPropaganda1.jpg

DISCLAIMER

O Canal Bang ​é um portal que tem como objetivo trazer as principais novidades sobre filmes, séries, livros, quadrinhos, games e tudo que envolve a cultura pop. De uma maneira descontraída, inteligente e cheia de carisma, você pode assistir nossos vídeos semanais em nosso canal do Youtube, ouvir nossas críticas e debates polêmicos em nosso podcast, e saber das notícias que envolvem o universo nerd ao vivo em nosso programa na TV MAR (Canal 25 NET) toda Quinta às 12:30. Entretenimento de verdade, você encontra aqui, no maior portal nerd de Alagoas.

PARCEIROS

CinemaParceria.jpg
tvMarParceria.jpg
GazetaParceria.jpg
piticasCinzaSite.jpg
santoAmaro.png

CONTATO

+55 82 3028-6851

Maceió-Alagoas

  • YouTube - Canal Bang
  • Facebook - Canal Bang
  • Instagram - Grey Circle
  • Twitter - Canal Bang

© 2019 Canal Bang - Todos os direitos reservados

Cinema, Cultura e Entretenimento