top of page

O Menino e a Garça | Filme de Hayao Miyazaki vence o Globo de Ouro de Melhor Animação


A premiação do Globo de Ouro é uma das mais populares não apenas no Ocidente, mas no resto mundo também, onde várias pessoas consideram a segunda premiação mais importante do cinema, atrás somente do próprio Oscar.


Ela ocorreu ontem, no dia 07/01, em Los Angeles nos EUA, e a premiação trouxe algumas grandes surpresas, uma delas na categoria de Melhor Animação, que tinha fortes concorrentes na disputa e opiniões divididas. Os filmes que concorriam eram: Wish - O Poder dos Desejos; Super Mário Bros. - O Filme; Elementos; Suzume; Homem-Aranha: Através do Aranhaverso; e, por fim, o vencedor O Menino e a Garça.


Uma boa surpresa nesta categoria foi ver que havia dois filmes japoneses competindo entre si, uma vez que em premiações ocidentais é difícil ver dois filmes orientais concorrerem na mesma categoria, que foram O Menino e a Garça e Suzume, do diretor Makoto Shinkai, mais conhecido pelos filmes: Your Name e O Tempo com Você. Isso só ressalta o quão bons são esses longas-metragens. E, apesar da maior disputa ser entre o filme de Miyazaki e Homem-Aranha: Através do Aranhaverso, que é uma obra tão maravilhosa quanto seu primeiro filme, o Globo de Ouro foi concedido ao grande cineasta japonês Hayao Miyazaki.


E a categoria de Melhor Animação não foi a única em que O Menino e a Garça recebeu indicação, sendo nomeado também a Melhor Canção Original, onde Joe Hisaishi era o representante. Para aqueles que não o conhecem, ele dedicou seus anos de trabalho ao lado de Miyazaki e produziu diversas canções para filmes do Studio Ghibli, como A Viagem de Chihiro e O Castelo Animado. Porém, Hisaishi não foi o premiado da noite, perdendo para o sueco Ludwig Göransson, que trabalhou em Oppenheimer.


O Menino e a Garça foi lançado nos cinemas japoneses em 14 de Julho do ano passado, mas ainda não tem data exata de quando será exibido no Brasil, mas sua previsão é entre Fevereiro e Março de 2024.


"Um jovem garoto chamado Mahito anseando pela sua mãe se aventura em um mundo compartilhado entre vivos e mortos. Ali, a morte encontra um fim e a vida acha um novo começo. Uma fantasia semi-autobiográfica sobre vida, morte e criação, em tributo à amizade, da mente de Hayao Miyazaki"



Fonte: Site oficial do Globo de Ouro



Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

0 comentário

Comments


bottom of page