MCU | Mark Ruffalo diz que Kevin Feige quase deixou a Marvel por lutar por inclusão

Kevin Feige dirige o MCU, o que significa que atualmente ele dirige a franquia de filmes mais bem-sucedida do mundo. Tudo o que ele toca parece virar ouro. Mas ele colocou seu trabalho na Marvel Studios em risco para enfrentar o maior acionista da Disney - entre outros na empresa controladora - na luta por filmes de super-heróis liderados por mulheres.


Kevin Feige.

De acordo com o relato de Mark Ruffalo, Kevin Feige não tinha certeza se teria um emprego depois de fazer seu discurso na Disney. Não está claro se ele teria desistido se eles dissessem não ou se ele achasse que a Disney poderia demiti-lo por enfrentá-los. De qualquer maneira, ele ganhou. Ele defendeu a mudança e fez isso acontecer.


Mark Ruffalo contou a história em uma entrevista ao The Independent. Ruffalo interpreta Bruce Banner/Hulk no MCU e ele é muito ativo na política progressista. O site observou como a Marvel havia sido criticada no passado por sua falta de representação LGBT+ - com muitos aliados decepcionados por receber apenas um breve aceno em Vingadores: Ultimato. Foi quando Ruffalo compartilhou algumas histórias da Marvel:


"Quando fizemos os primeiros Vingadores, Kevin Feige me disse: 'Escute, talvez eu não esteja aqui amanhã'. [Ele estava conversando com a Disney sobre a questão de por que não havia filmes femininos de super-heróis.] E ele é como, Ike [Isaac Perlmutter, o maior acionista da Disney na época] não acredita que alguém vá a um filme de super-herói estrelado por mulheres. Então, se eu ainda estiver aqui amanhã, você saberá que venci essa batalha."

Mark Ruffalo.

Ele venceu essa batalha. A Marvel sempre teve mulheres de destaque, de Pepper Potts no primeiro filme do MCU, Homem de Ferro, a Viúva Negra, como a primeira super-heroína principal do MCU. Mas foram necessários 21 filmes da Marvel para uma mulher liderar seu próprio filme. Esse filme veio com a Capitã Marvel.


"Porque Kevin queria super-heróis negros, mulheres super-heróis, super-heróis LGBT. Ele mudou todo o universo da Marvel. Agora temos um super-herói gay a caminho, temos super-heróis negros, super-heróis do sexo feminino - Scarlett Johansson está lançando seu filme, temos a Capitã Marvel, eles farão a She-Hulk a seguir. Nenhum outro estúdio está sendo inclusivo nesse nível. [Sorrisos] Eles precisam, no entanto. Este é o mundo, porra."

Fonte: CinemaBlend.



Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

PodCast: http://canalbang.podomatic.com

  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean
bannerPropaganda1.jpg

DISCLAIMER

O Canal Bang ​é um portal que tem como objetivo trazer as principais novidades sobre filmes, séries, livros, quadrinhos, games e tudo que envolve a cultura pop. De uma maneira descontraída, inteligente e cheia de carisma, você pode assistir nossos vídeos semanais em nosso canal do Youtube, ouvir nossas críticas e debates polêmicos em nosso podcast, e saber das notícias que envolvem o universo nerd ao vivo em nosso programa na TV MAR (Canal 25 NET) toda Quinta às 12:30. Entretenimento de verdade, você encontra aqui, no maior portal nerd de Alagoas.

PARCEIROS

CinemaParceria.jpg
tvMarParceria.jpg
GazetaParceria.jpg
piticasCinzaSite.jpg
santoAmaro.png

CONTATO

+55 82 3028-6851

Maceió-Alagoas

  • YouTube - Canal Bang
  • Facebook - Canal Bang
  • Instagram - Grey Circle
  • Twitter - Canal Bang

© 2019 Canal Bang - Todos os direitos reservados

Cinema, Cultura e Entretenimento