top of page

Gangues de New York | Martin Scorsese quase saiu de Hollywood depois do filme e do caso Weinstein

“Percebi que não conseguiria trabalhar se tivesse que fazer filmes daquela maneira novamente”, disse Scorsese.

Durante as filmagens de seu filme “Gangues de Nova York ”, de 2002, Scorsese disse que se sentiu criativamente estrangulado pelo sistema de estúdio, especialmente por trabalhar com o produtor Harvey Weinstein, com quem Scorsese brigou pela duração e orçamento do filme de época.


“Percebi que não conseguiria trabalhar se tivesse que fazer filmes daquela maneira novamente”, disse Scorsese à GQ em uma reportagem de capa. “Se essa fosse a única maneira de eu poder fazer filmes, então eu teria que parar. Porque os resultados não foram satisfatórios. Às vezes era extremamente difícil e eu não sobreviveria. Eu estaria morto. E então decidi que estava tudo acabado, de verdade.”


Apenas dois anos depois, Scorsese se reuniu com Weinstein em “O Aviador”, de 2004, que também estrelou o ator principal de “Gangues de Nova York”, Leonardo DiCaprio.


“E eu era contra isso”, disse Scorsese sobre trabalhar novamente com Weinstein. “Houve uma reunião e fui forçado a assumir essa posição. Eu já tava emvolvido, como disseram. E não há como você sair dessa.”


Ele continuou: “Mas as filmagens correram bem, a edição correu bem até as últimas semanas de edição. E eles vieram e fizeram algumas coisas que considerei extremamente maldosas.”

Conforme relatado pela GQ, a Warner Bros. e a Miramax de Weinstein cortaram o financiamento do filme, forçando Scorsese a usar US$ 500 mil de seus próprios fundos privados para terminá-lo.


Eu apenas disse: 'Não estou mais fazendo filmes'”, disse Scorsese sobre a experiência. No entanto, foi “Os Infiltrados”, de 2006, que levou Scorsese a perceber que “não posso mais trabalhar aqui” depois que a Warner Bros. tentou criar uma franquia do seu filme.


O diretor de “Killers of the Flower Moon” está, no entanto, revisitando “Gangues de Nova York” 20 anos depois com uma tão esperada adaptação para a TV. Scorsese é o produtor executivo e dirigirá os dois primeiros episódios da série baseada em gangues rivais na cidade de Nova York do final do século XIX. O programa foi desenvolvido internamente na Miramax TV e escrito pelo dramaturgo e escritor de TV Brett Leonard (“Taboo”, “Fear the Walking Dead”).


Fonte: IndieWire

Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube! Twitter: @realcanalbang Instagram: @canalbangoriginal Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal TikTok: https://www.tiktok.com/@canalbang



0 comentário

Commentaires


bottom of page