Doutor Estranho no Multiverso da Loucura | Filme é banido na Arábia Saudita

A decisão, que vem na esteira após o bloqueio de 'Eternos' e 'Amor, Sublime Amor', está mais uma vez relacionada à inclusão de um personagem LGBTQ.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, a tão esperada sequência da Marvel do filme de 2016 estrelado por Benedict Cumberbatch, foi proibido na Arábia Saudita.


Rumores começaram a surgir online na sexta-feira, com o The Hollywood Reporter agora confirmando oficialmente a decisão. O THR soube que a proibição também se aplica ao Kuwait, embora isso ainda não tenha sido confirmado.


Embora o filme ainda não tenha sido lançado e também não tenha sido revisado, a decisão é mais uma vez relacionada a questões LGBTQ, de acordo com fontes do Oriente Médio, com a nova sequência apresentando o personagem America Chavez (interpretado por Xochitl Gomez) que, de acordo com sua interpretação nos quadrinhos, é gay. Com a homossexualidade oficialmente ilegal em todo o Golfo, os filmes que apresentam referências ou questões LGBTQ geralmente não passam pelos censuradores.


Doutor Estranho no Multiverso da Loucura deveria ser lançado no Golfo em 5 de maio como parte de seu lançamento global. Embora os ingressos antecipados não estejam mais disponíveis nos sites dos cinemas da Arábia Saudita, Kuwait e Catar, eles estão nos Emirados Árabes Unidos, sugerindo que será lançado lá.


O filme segue os passos de Eternos, de Chloe Zhao, que foi banido em grande parte do Golfo em novembro após a inclusão de um casal do mesmo sexo no filme e o primeiro super-herói gay do MCU. Na época, deu a entender que os censuradores haviam solicitado uma série de edições que a Disney não estava disposta a fazer. Uma versão editada foi exibida nos Emirados Árabes Unidos, no entanto.


Em janeiro, Amor, Sublime, Amor também foi impedido de chegar aos cinemas da Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Catar, Bahrein, Omã e Kuwait.


Desta vez, fontes regionais disseram ao THR que a decisão se deve à personagem Anybodys, escrita como transgênera na nova adaptação e interpretada pela atriz não binária Iris Menas.


Fonte: The Hollywood Reporter


Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

0 comentário
  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean