Diretor do 'Quarteto Fantástico' diz que estúdio vetou planos de escolher atriz negra como Sue Storm

Josh Trank está mais uma vez sendo sincero sobre a turbulência nos bastidores do do filme Quarteto Fantástico de 2015. Em uma entrevista ao First Cut, o famoso cineasta (conhecido por twittar sobre a interferência do estúdio no filme na véspera de seu lançamento) diz que planejava escalar uma atriz negra como Sue Storm (também conhecida como a Mulher Invisível), mas recebeu um "empurrão bastante pesado" sobre o assunto do estúdio.


Kate Mara e Michael B. Jordan.

"Houve muitas conversas controversas nos bastidores sobre isso. Eu estava interessado principalmente em uma Sue Storm preta, um Johnny Storm preto e um Franklin Storm preto.", diz Trank. "Mas quando você está lidando com um estúdio em um filme enorme como esse, todo mundo quer manter a mente aberta para saber quem serão as grandes estrelas... Quando se tratava disso, encontrei fortes restrições ao escalar uma mulher negra nesse papel.", completou o diretor.

Por fim, os atores negros foram escolhidos como Johnny e Franklin Storm - Michael B. Jordan e Reg E. Cathey, respectivamente - e a atriz branca Kate Mara interpretou Sue, que foi enquadrada como a irmã adotiva de Johnny. Com a escalação de Jordan como Johnny provocou protestos na comunidade de fãs, com muitos comentários racistas direcionados ao ator e à Trank. (O diretor disse recentemente à Polygon que recebeu ameaças de morte e começou a dormir com uma arma na mesa de cabeceira.)


Trank lamentou não ter enfrentado o estúdio na questão do elenco:


"Quando olho para trás, deveria ter caminhado quando essa percepção me atingiu, e me sinto envergonhado com isso, porque não fui apenas por princípio", disse ele. "Porque esses não são os valores que eu defendo em minha própria vida. Porque eu sou alguém que sempre fala em defender o que eu acredito, mesmo que isso signifique queimando minha carreira, e me sinto mal por não ter levado o assunto à questão. Sinto que falhei nesse aspecto."

Por fim, o Quarteto Fantástico falhou tanto com a crítica quanto com o público, arrecadando apenas US$ 56 milhões. Trank não dirigiu outro filme até Capone deste ano, estrelado por Tom Hardy como o infame gangster.


Fonte: Entertainment Weekly



Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

PodCast: http://canalbang.podomatic.com

0 comentário
  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean