Crítica | 365 Dias: Hoje (Sem Spoiler)

Atualizado: 4 de mai.



"365 Dias: Hoje" consegue nos trazer uma ótima fotografia, ótimos cenários, atuações mais maduras e claramente demonstra ter investimento superior ao seu antecessor, contudo, peca no principal elemento de um filme, o roteiro. Para quem estava ansioso para saber o que iria acontecer com Laura e Massimo na sequência de "365 Dias", as impressões da sequencia lançada essa semana pela Netflix não foram tão receptivas quanto no primeiro filme. A todo momento tentamos entender se ainda estamos no trailer charmoso ou se realmente o filme foi para o play. Os personagens mal falam algumas palavras e já vão para o abate sexual. É claro que gostamos disso, mas cadê o roteiro? Cadê a trama? O pior é que quando chegamos ao final ainda não entendemos o que aconteceu.



Em "365 Dias: Hoje" vamos acompanhar a tão esperada festa de casamento de Laura (Anna-Maria Sieklucka) e Massimo (Michelle Marrone), mas tudo que parecia ser algo romântico e cheio de paixão se torna monótono para a protagonista. Ela deseja ser independente e a todo momento demonstra estar no controle da situação. Vale lembrar que o primeiro filme, apesar de ser super comentado, foi bastante criticado por ser considerado machista. Percebemos que nessa sequencia, a autora tentou amenizar esse impacto, nos trazendo uma Laura mais rebelde, digamos assim. Conseguimos também ter mais espaço para a melhor amiga de Laura, Olga (MAGDALENA LAMPARSKA) que tem um romance com Domenico (Otar Saralidze), irmão de Massimo. As duas seguem inseparáveis e nos trás a sensação de ainda estarem numa eterna aventura. Mas nem só de rosas sobrevive um filme de romance. Precisamos de algo que agite as coisas. Dessa forma, Laura se depara com um irmão gêmeo de Massimo que irá tentar tomar o império que seu irmão construiu junto do falecido pai, então ele decide armar junto de Anna (Natasza Urbańska) a vilã que planejou matar Laura no final do último filme. Então, aí que aparece um novo personagem. Nacho (Simone Susinna) é aparentemente um jardineiro comum, mas na verdade não é. Ele irá ser o rival de Massimo na conquista de Laura.



Quem leu o livro irá se decepcionar com o resultado de mais de 2h de filme. Não há nada parecido com o enredo original de "Este Dia", sequência de "365 Dias", a não ser os nomes dos personagens. É uma clássica queixa que os leitores irão se identificar. Talvez se tivessem seguido o que o livro propôs as coisas iriam ficar muito melhores. Um dos erros foram furos no roteiro. Laura estava grávida, mas o que aconteceu com o bebê? No filme temos uma rasa explicação, e segue o baile com muito sexo. As eternas cenas de paisagens com fundo musical, após duas palavras trocadas dos personagens, é outro ponto que falha muito. Chega a ser ofensivo aos expectadores que esperaram tanto pela continuação. A impressão que temos é que eles gravaram tudo as pressas e colocaram belas cenas com fundos musicais para encher linguiça.



É importante ressaltar que o longa sofreu com a pandemia da COVID 19, assim como muitos outros filmes gravados nesses períodos, dessa forma muitas coisas precisaram ser adiadas, inclusive gravações. Pode ser que esses problemas tenham interferido no planejamento do filme. Esperamos que essa seja a resposta para o mal acabamento de "365 Dias: Hoje". Apesar de todos esses problemas, é exagero dizer que "365 Dias" é o pior filme do planeta. Precisamos entender seu lugar no gênero romance adulto e entender seu publico, principalmente respeitar esse publico. Se você não gostou do primeiro filme, tão pouco irá gostar da sequencia. Se você é sensível com temas como sexo por ferir sua moral, ou crença, ou seja lá o que for, é aconselhável que você procure um terapeuta, ou não assista 365 Dias. Então, por que o interesse? Melhor assistir Batman ou outro filme de super-herói que fale de valores e honra.



"365 Dias: Hoje" teve o roteiro de Blanka Lipinska (a autora), Tomasz Mendes e Mojca Tirs, com direção de Bárbara Bialowas e Tomasz Mendes. A pior parte do filme com certeza é o final. Mais uma vez não conseguiram nos dar um bom final que emende para uma nova sequencia. É de propósito? Não saberemos... Ou saberemos quando o terceiro e último filme da franquia for lançado.








Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

PodCast: http://canalbang.podomatic.com

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean