Artista Jason Fabok comenta sobre os três Coringas em ‘Batman: Three Jokers’



Fiel ao seu título, a minissérie de Geoff Johns e Jason Fabok, Batman: Three Jokers, contará com três encarnações distintamente diferentes do Príncipe Palhaço do Crime para ameaçar a “Família Bat”. De acordo com Fabok, cada um dos vilões foi inspirado diretamente nas respectivas épocas em que fizeram sua própria estreia assassina, com seu próprio apelido.


"O maior que fizemos foi com o Coringa da Era de Ouro, o chamamos de Criminal Joker' [Coringa Criminoso]. E ele é o que não sorri. E isso meio que remonta ao Batman nº 1, em 1940, onde existem esses painéis assustadores, onde ele não está sorrindo e depois existem painéis assustadores com grandes sorrisos", explicou Fabok em uma entrevista com o Games Radar. "Optamos por realmente nos prender à parte de não sorrir, e ela é muito mais assustadora. É uma versão fria e calculista do Coringa e ele é um mentor criminoso."

Fabok também comentou sobre o "Clownish Joker" (Coringa Palhaço): “Ele é como o Coringa clássico dos anos 40 e 50, e tudo com ele é mais brilhante, mais alto e muito mais atraente — como as grandes piadas que aconteceriam nos quadrinhos dos anos 50 (…) Então temos o Coringa da era moderna, que chamamos de 'Comedian Joker' [Coringa Comediante]. Ele é o Coringa de A Piada Mortal. Ele é muito psicótico e malvado. Ele está sempre sorrindo e gargalhando. Eu brinquei muito com a maneira que Brian Bolland o desenhou nos livros clássicos."


Escrito por Geoff Johns e ilustrado por Jason Fabok, Batman: Three Jokers #1 será lançado em 25 de agosto pela DC Comics.


Fonte: CBR


Por: Pedro Vasconcelos


Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

PodCast: http://canalbang.podomatic.com

0 comentário
  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook Clean