top of page

Aquaman e o Reino Perdido | Batman de Ben Affleck foi supostamente cortado do longa

O filme de super-herói da DC, que contará com o retorno de Jason Momoa no papel principal, acabou de terminar sua terceira rodada de refilmagens.

Mesmo que possa parecer que Aquaman e o Reino Perdido está parado em um disco rígido em algum lugar, relatórios frequentes deixam claro que a tão esperada sequência está passando por grandes revisões. Quando finalmente chegar a hora de conferir na tela grande, a nova aventura do super-herói subaquático da DC provavelmente não se parecerá nada com sua primeira versão. Um novo relatório do THR sugere que uma das mudanças mais recentes foi anular completamente qualquer participação do Batman de Ben Affleck no filme.


O Hollywood Reporter revela que, de acordo com fontes, mudanças estão acontecendo em Aquaman 2 – que acaba de terminar sua impressionante terceira rodada de refilmagens – porque o filme precisa refletir o status em constante mudança do Universo DC. No caso de Batman, Affleck e Michael Keaton participaram e filmaram cenas em algum momento. Inicialmente, o ex-chefe da DC Films, Walter Hamada, queria que o Batman de Keaton fosse uma presença do tipo Nick Fury que transitasse entre os filmes enquanto era uma espécie de mentor para outros super-heróis. O conceito foi retirado quando Batgirl foi arquivado pela Warner Bros. Discovery.


Agora, depois que The Flash falhou em impressionar nas bilheterias globais, mesmo com vários Batmen a reboque, parece que a ordem do dia é tornar Aquaman e o Reino Perdido completamente livres do Batman. Fontes explicam que a razão por trás dessa decisão é que os novos chefes da DC, James Gunn e Peter Safran, querem evitar a apresentação de um universo compartilhado antes que ele tome forma completamente – o que foi um dos maiores erros que o Universo Estendido da DC cometeu no passado. As fontes também relataram que há uma tendência crescente de tornar Aquaman 2 mais autônomo, pois ele precisa cortar os laços com o DCEU.

A maior razão por trás de todas essas mudanças em Aquaman 2 é simples: dinheiro. O primeiro lançamento solo do super-herói ainda é o filme de maior bilheteria da DC de todos os tempos, com mais de US$ 1 bilhão arrecadados nas bilheterias globais. O número sugere que o personagem é muito mais popular do que a Warner Bros. pensava inicialmente, e eles querem que a sequência consiga repetir o sucesso. Caso Aquaman 2 chegue aos cinemas e tenha uma performance medíocre como The Flash teve, o estúdio provavelmente verá isso como um tiro no pé, porque Aquaman provou ser um grande atrativo de bilheteria e entregar uma sequência menos do que perfeita pode enterre de vez o personagem.


Há também várias exibições de teste em jogo - o que é bastante comum para sucessos de bilheteria - para avaliar a resposta do público ao filme. Apesar de todo esse caos, parece que no final das contas a Warner Bros. está confiante de que Aquaman e o Reino Perdido pode ser um sucesso, caso contrário o estúdio simplesmente o arquivaria (ou lançaria sem grandes mudanças para ver o que acontece). e não se preocupar em gastar milhões de dólares em refilmagens.


Atualmente, Aquaman e o Reino Perdido está programado para ser lançado em 19 de dezembro, após vários atrasos. Por enquanto, não há nenhuma palavra oficial sobre se as mudanças recentes afetarão a data de lançamento do filme mais uma vez.


Fonte: Collider

Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @realcanalbang

Instagram: @canalbangoriginal

Facebook: http://facebook.com/canalbangoriginal

0 comentário

Comments


bottom of page